A escolha de Sofia

Controversa é a busca
pela melhor alternativa,
como se de fato
houvesse uma, em
detrimento de tantas outras…

A literatura, terreno pródigo
de reflexão dos pântanos nossos
já nos ilustra, em diversas obras,
tal como a Escolha de Sofia,
o tanto de sofrer que há no decidir

A ilusão , com cheirinho de parque,
de que o que vemos e entendemos
é o certo, o verdadeiro, o perene
e o mais inteligente ronca em nossa
mente, tal qual as manhãs de domingo.

Traçamos elaboradas justificativas
para que possamos estar no degrau
mais alto da sapiência e nos arvoramos

Resultado de imagem para sabedoria
https://www.google.com.br/url?sa=i&source=images&cd=&cad=rja&uact=8&ved=2ahUKEwielIjs4qneAhWKi5AKHVrSCMMQjRx6BAgBEAU&url=https%3A%2F%2Fwww.guardian-angel-reading.com%2Fblog-of-the-angels%2Fwords-wisdom-love-shakespeare%2F&psig=AOvVaw1_bEKBWy4vaPZlRjX2lCdL&ust=1540837954267676

e como – em conselheiros dos reis
da corte do sec. XXI, como dantes.

A teoria do mal menor pode resultar
na fumaça em nossos olhos quanto
a presença,ainda, do mal. E para
entender o que é o mal há que
consagrar coragem na tentativa

Os sofistas que a tudo conseguiam
rebater e de quem os sábios tinham
desdém e admiração, uns mais e
outros menos, continuam seu
trajeto por aqui e por lá adiante

O cego de Jericó, decide e grita
pela cura que consegue enxergar.
Bartimeu joga o manto e pula
na direção que vê como acertada
sem qualquer garantia

O outro cego recebe lama e
saliva sobre seus olhos pois
dependia de milagres externos
para avançar. Nem ele mesmo
se via como capaz

Está posto o desafio
Garantias não há

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.