Felicidade insuportável

Insuportável o sorriso

radiante, iluminado e

uma felicidade que

exala incrível mais

que chanel nº 5

Alegria constante

destravada para

além da bobagem

e da pilhéria, mais

do que isto

Liberdade de

estar de bem

com a situação

com o corpo

o cargo e a meta

Alinhamento perfeito

com o universo, com o

pretendido, com o script

que sabe-se-lá-quem

escreveu

Sensação de pertencer

de encaixar, de fazer parte

sem pontas, sem conflitos,

sem olhares de banda

ou risinhos

Que insuportável é

fazer parte deste convívio

estar ao lado desta majestosa

referência de gente que se

deu bem

Azedume a cada instante

em que os 33 dentes alvos

reluzentes insistem em se

mostrar pelos mais tolos dos

motivos.

Romper com aquela rotina

ah como queria, se ver livre

daquela prisão de estar

no raio de ação da tal

felicidade alheia

O tanto que pesa o

contraponto de não

estar assim tão efusivamente

em contato com uma

animação interior

Até reclamar era estranho

perto de um ser que, ao que

demonstra, a contrariedade

e o não dar certo passam

distante

Nem uma barata lhe

aparece, nem um regurgitar

do iogurte vencido

nem uma caspinha ou

ziper aberto sem querer

Um derrubar de café

na camisa branca, um

choque na tomada

um palavrão, uma pereba

nada disso lhe alcança

Ô cansaço, ô pesar

e lá no fundo, já sem

culpa, deseja-lhe, do fundo

do seu coração, ao

menos, uma topadafelicidadedo dedão.

Ou um tropeço que

quebre algo valioso,

um vento que descabele

ou mostre que é peruca

ou que de fato, que é de mentira

 

Ajuda a empurrar?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.