É meu e é seu também…

Dá panos para manga

Dá treta daquelas

Dá trend topic

Dá mais likes

Dá buzz

 

E nem é original

a querela mas

isso também

não interessa

O burburinho sim

 

Os sapiens, seres

prá lá de estranhos

têm pelo menos

2 dimensões, a

individual e a coletiva

 

O equilíbrio entre essas

duas é pior do que a briga

do Y com o X para saber

quem ordena. E porque

o outro tem que “deitar”

 

O indivíduo, o que não

se divide participa,

querendo ou não

de um todo. Mas

não é indivisível?

 

Pois é, tá aí a

tensão que

não se resolve

pelo menos há

miles de tempo

 

O autor de uma

obra é o detentor

de todo, todo o

destino dela?

Ou cabe contrapor?

 

E que limites há e

quem estabelece?

Nada disto tá na bula,

nem no MD do projeto

oh desfaçatez

 

Então tudo que é meu

é seu também? Posso

brincar de vice-versa

sem vergonha ou c/rubor

nas bochechas?